[Crônica] Grupos do Facebook

facebook

Esse negócio de adicionar em grupo sem convidar está passando dos limites. Todos os dias saio de uns dois, pelo menos. Antes se restringia à literatura, mas agora parece que estão diversificando.

Esses dias, ao chegar em casa, vi que tinha sido adicionado em três grupos e fui clicando em um por um pra sair, só conferindo os títulos depois de entrar na página:

Primeiro foi o “Amigos da galinhada do Vadão”. A princípio pensei que fosse mais um “romance hot”, mas era o prato sertanejo mesmo (parecia gostoso, aliás). O tal do Vadão escreveu um livro de receitas caipiras e o grupo era um embuste para divulgação.

Depois, foi o “Poesias da Bebel – palavras com cheirinho de canela”. Meu diabete subiu só de ver o cabeçalho.

E…

“Novos satanistas do Brasil”. Tomei um susto da porra ao ver aquele Baphomet olhando pra mim com cara de “eu quero sua alma!”. Vai de retro, capeta, já chega minha ex-esposa!

Aqui é #teamJesus!

____________________________

Deixe uma resposta