[Filme] Sully: O Herói do Rio Hudson

sly_rl05_v10.6_grdfinal_rec709legal.00435111.tiff

Fui assistir a “Sully: O Herói do Rio Hudson” sem saber muita coisa além de “é com o Tom Hanks” e “é baseado numa história real”.

E, para encurtar a conversa: que filmão da porra!

No decorrer eu me lembrei (vagamente) da tal história real, quando o piloto (Comandante Sully) teve que realizar um pouso forçado no Rio Hudson após ter as duas turbinas danificadas por causa de uma colisão com uma revoada de pássaros (fiquei pensando: caramba, será que não pode colocar uma tela na frente da turbina?). A sobrevivência sem maiores ferimentos de todos os 155 passageiros foi considerada um milagre e Sully foi alçado à condição de herói nacional. Numa frase emblemática do filme, alguém cumprimenta o comandante, dizendo: “Fazia tempo que Nova York não tinha boas notícias… principalmente envolvendo aviões”.

A trama gira em torno da investigação do caso pela companhia aérea – segundo as simulações do computador, seria possível que o comandante voltasse ao aeroporto, pousando sem riscos (e sem perder a aeronave que não seria coberta pelo seguro). Tom Hanks consegue passar bem o drama vivido pelo piloto nesse meio tempo, quando ele próprio chega a questionar as decisões tomadas no dia do incidente. Dessa forma, a história vai sendo contada intercalando cenas da investigação e flashbacks. É simples, sem grandes reviravoltas, mas muito bem feito.

As cenas dentro do avião são perfeitas, eu me senti ali dentro e foi impossível não lembrar da tragédia recente ocorrida com a equipe da Chapecoense. 🙁

Enfim, um filme que vale muito a pena.

Avaliaçãoestrelas_5

____________________________

Deixe uma resposta